Categories
Notícias

Sp. Braga punido com dois jogos por falta de habilitações de Custódio

[ad_1]

O Sp. Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, segundo anunciou esta quarta-feira o Conselho de Disciplina (CD).

Em comunicado, o órgão disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) dá conta da decisão de condenar o emblema bracarense com uma multa de 13.388 euros e a interdição de recinto desportivo por dois jogos.

Em causa está o incumprimento do contrato coletivo de trabalho acordado entre a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) e a ANTF, com a designação do antigo médio internacional português para o cargo de treinador da equipa principal, quando não tinha as habilitações necessárias para exercer no principal escalão.

Em março de 2020, com a saída de Rúben Amorim, Custódio sucedeu ao atual treinador do Sporting no clube minhoto, então com o segundo nível de formação, quando é obrigatório o quarto, que viria a frequentar no verão do ano passado, já depois de deixar o comando técnico da equipa de Braga.

No mesmo comunicado, o CD da FPF anunciou o arquivamento do processo disciplinar instaurado a Custódio e ao Sp. Braga, no qual estavam indiciados por falsas declarações e fraude.

A 5 de março de 2020, a ANTF manifestou «indignação e repúdio» pela contratação de Ruben Amorim para o Sporting e com a sua sucessão por Custódio no Sp. Braga.

Em dois comunicados, um para cada contratação, são apelidadas de «tristes episódios» as duas contratações, considerando que estas desprestigiam «a imagem do futebol português e desvirtuam a verdade desportiva».

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *