Categories
Notícias

Sergio Ramos: «Não queria sair do Real Madrid, queria ficar»

[ad_1]

Depois de uma emocionante cerimónia de despedida ao lado do presidente Florentino Pérez, Sergio Ramos abriu o jogo em conferência de imprensa, garantindo que nunca teve a intenção de sair do Real Madrid. O central explica depois que o que afastou as duas partes nunca foi dinheiro, mas a duração do contrato.

«Passaram-se muitas coisas. Circunstâncias que ocorrem na vida. A primeira coisa que quero dizer é que não queria sair. A minha intenção era continuar aqui. Refiro-me à liga do confinamento: nessa altura, o clube ofereceu-me a possibilidade de ampliar o meu contrato, mas com o covid as negociações foram postas de lado», começa por contar.

O internacional espanhol explica depois que o clube lhe fez uma proposta para renovar por mais um ano, mas depois retirou-a, sob o argumento que tinha «passado o prazo».

«Nos últimos meses, o clube fez-me uma proposta de mais um ano com redução de salário. Tenho de dizer que não houve nenhum problema financeiro. Eu queria dois anos e tranquilidade para mim e para a minha família. Nas últimas conversas, aceitei a oferta de um ano, mas disseram-me que já não era possível, a proposta tinha um prazo e eu não sabia», prosseguiu.

Um diferendo que acaba por ditar um «divórcio» ao fim de dezasseis anos, mas o central não quer falar em «injustiça» e prefere levar as memórias dos bons momentos que levou no clube. «As circunstâncias são as que são. Disse que aceitava a proposta que estava em cima da mesa, mas disseram-me que tinha caducado. Mas estou orgulhoso do que consegui neste clube ao longo de dezasseis anos. Fico com esse sabor», comentou.

Apesar da saída inesperada, Sergio Ramos garante que, se voltasse atrás, voltava a assinar pelo Real Madrid, como o fez em 2005. «Claro. Foi uma etapa maravilhosa da minha vida. Isto não muda nada, os títulos que conquistei. Assinaria mil vezes outra vez. Foi uma das melhores decisões da minha vida. Não me arrependo de nada», garantiu.

Apesar de tudo, muitos adeptos apontaram o dedo ao antigo capitão do Real Madrid, chamando-o de «pesetero» por não ter aceite a proposta inicial do clube. «É difícil. Os jogadores têm de falar em campo. Sempre gostei de ser claro nas conferências de imprensa, mas a minha melhor versão foi sempre no campo de jogo. Sempre disse que quando houvesse novidade falaria, como acontece agora. Pesetero? Cada um tem a opinião que quiser, mas primeiro oiçam o que digo. Eu só queira dois anos em vez de um», destacou.

Quanto ao futuro, apenas uma certeza: Sergio Ramos nuna vai jogar no Barcelona. «Não falámos em qualquer momento com nenhuma equipa. Desde janeiro, quando abriu o mercado, houve uma ou outra chamada, mas nunca pensei em sair do Real Madrid. A partir de agora vamos procurar a melhor solução para mim. O Sevilha é o meu segundo clube, mas nesta altura não contemplo essa opção, nem eles falaram comigo. Barcelona? É um rotundo não. Será impossível verem-me com a camisola do Barcelona», referiu ainda.

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *