Categories
Notícias

Portugal com nove medalhas no início dos Mundiais de atletismo adaptado

[ad_1]

A seleção portuguesa de atletismo adaptado conquistou, esta quarta-feira, nove medalhas na primeira jornada dos Campeonatos do Mundo, em Bydgoszcz, na Polónia.

Portugal arrecadou uma medalha de ouro, cinco de prata e três de bronze e está liderança coletiva dos campeonatos, com 30 pontos, à frente da França, segunda com 29, e da Itália, terceira com 14.

Destaque, no primeiro dia, para Lenine Cunha, campeão mundial no triplo salto, com a marca de 12,58 metros. Lenine compete ainda no heptatlo, tendo terminado a primeira jornada com 1.979 pontos.

Sandro Bessa foi medalha de prata nos 400 metros barreiras (60,70 segundos) e Afonso Roll, nos 5.000 metros marcha, foi também vice-campeão do mundo, com o tempo de 28.58,40 minutos, o mesmo sucedendo com Cristiano Pereira, medalha de prata nos 1.500 metros, com 4.00,48 minutos.

Do lado feminino, Ana Filipe sagrou-se vice-campeã do mundo do triplo salto, com 11,30 metros. Carina Paim conseguiu igualmente a prata, nos 400 metros, concluindo a prova ao fim de 59,88 segundos.

De bronze foram as prestações de Domingos Magalhães no lançamento do peso (11,73 metros, marca para recorde pessoal), de Estevão Janeiro nos 10 mil metros (33.55,33 minutos, igualmente recorde pessoal) e de Joana Silva, nos 5.000 metros marcha (31.48,91 minutos).

Paulo Benevente também esteve em ação no primeiro dia: foi quinto nos 10.000 metros, com 34.34,91 minutos. Já Cristiano Silva Pereira foi oitavo nos 1.500 metros, com o tempo de 4.39,85 minutos. Inês Fernandes foi quarta no lançamento do peso, com a marca de 10,69 metros, a sua melhor esta temporada.

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *