Categories
Notícias

O sentido adeus de Nuno Espírito Santo: «Por dentro está difícil»

[ad_1]

Nuno Espírito Santo sentiu tremendas dificuldades para controlar as emoções no adeus ao Wolverhampton. O treinador português agradeceu aos jogadores, ao staff e aos adeptos que o apoiaram ao longo dos últimos quatro anos.

«Estou a aguentar bem. Mas por dentro está difícil. Prometi que ia ser forte, mas foi muito especial, muito emotivo. Vou sentir falta disto», começou por destacar no momento da despedida.

Um momento que começou ainda antes do jogo frente ao Manchester United, com uma multidão a aguardar a equipa no exterior do Molineux, com muitas tarjas de apoio a Nuno Espírito Santo. «Foi muito especial. No momento em que chegámos ao Molineux e vimos aquela multidão, percebemos a ligação que existe entre as duas partes. Há muito amor. Foram muitos anos das nossas vidas e criámos um momento muito especial», comentou.

Uma despedida com adeptos nas bancadas, o que tornou a despedida do técnico português ainda mais especial. «Significou muito. Quer dizer que o futebol está de volta, foi o primeiro jogo do futebol que todos gostamos, com adeptos. A atmosfera foi muito especial», destacou.

O treinador dirigiu sentidas palavras de agradecimento dirigidas aos jogadores e staff. «Quando olho para trás quero deixa um grande obrigado a todos os nossos adeptos, ao clube, aos proprietários, aos jogadores, porque foram todos fantásticos todos os dias. Isto vai ficar na minha memória para sempre», referiu.

A fechar, o treinador deixou ainda uma certeza quanto ao futuro do Wolverhampton. «Deixo a equipa numa boa posição. Numa boa posição para o futuro, com uma equipa jovem, jogadores empenhados, portanto temos aqui uma base. Desejo-lhes o melhor, do fundo do meu coração», referiu ainda.

O Wolverhampton publicou, entretanto, um vídeo em tributo a Nuno Espírito Santo que pode ver aqui:

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *