Início » Blog » Rummenigge revela a grande mágoa que viveu no Bayern

Rummenigge revela a grande mágoa que viveu no Bayern


Karl Heinz-Rummenigge vai deixar o cargo de CEO do Bayern de Munique a 30 de junho. Em entrevista ao jornal alemão Bild, o dirigente recordou os últimos feitos do clube alemão e falou do futuro do histórico emblema.

«Nos últimos doze meses vencemos sete títulos, incluindo a Liga dos Campeões. Com [Herbert] Heiner a presidente, [Oliver] Kahn a CEO, [Hasan] Salihamidzic a diretor desportivo e Julian Nagelsmann como treinador, estamos bem estruturados para o futuro», vaticinou o antigo internacional pela República Federal da Alemanha.

Rummenigge avaliou, também, quais as melhores contratações da sua era no Bayern, iniciada em 2002.

«Neuer em 2011, por vinte milhões de euros, e Lewandowski em 2014, a custo zero. Foi esta a receita para o sucesso: atrás, o melhor guarda-redes do mundo; à frente, o melhor avançado. Foram a base da última década, a de maior sucesso para o clube», frisou Rummenigge.

Pelo meio, o ainda CEO do Bayern recordou o pior momento vivido ao leme dos bávaros.

«Em 2012, perdemos a final da Liga dos Campeões contra o Chelsea, na Allianz Arena. É a única ferida que não vai sarar. Espero que, um dia, o Bayern vença uma Champions em casa», completou.



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *