Início » Blog » Estugarda: jogador que tinha nome falso suspenso três meses

Estugarda: jogador que tinha nome falso suspenso três meses


A Federação Alemã de Futebol (DFB) aplicou uma pena de suspensão de três meses e uma multa de 30 mil euros a Silas Katompa Mvumpa, na sequência da revelação de que o atleta jogava com um nome falso: Silas Wamangituka.

A informação foi confirmada esta sexta-feira pelo Estugarda, clube do jogador, em comunicado, sendo que esta se trata de uma decisão definitiva, com efeitos até 11 de setembro, inclusive. Silas e o Estugarda «aceitaram a sentença».

«Ficou claro para ele [Silas] e para nós [Estugarda] que ele seria castigado pela DFB e, de acordo com os estatutos, tem de ser assim», disse o diretor-desportivo do Estugarda, Sven Mislintat, em declarações no sítio do clube germânico.

Em todo o caso, Silas já iria estar de fora até ao outono, devido a uma lesão num joelho.

«O julgamento também leva em consideração as circunstâncias especiais do seu caso», notou ainda Mislintat. Recorde-se que o Estugarda notou que o avançado congolês foi vítima de um plano do antigo empresário, o que levou à mudança de nome.



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *