Início » Blog » «Entradas do Francisco, Baró, Florentino e do Leão foram decisivas»

«Entradas do Francisco, Baró, Florentino e do Leão foram decisivas»


O futebolista dos sub-21 de Portugal, Diogo Dalot, sublinhou esta quarta-feira a união e a coesão do grupo, na antevisão às meias-finais do Europeu, ante Espanha, com o facto de que qualquer jogador que saia do banco de suplentes para entrar, acrescenta sempre algo no que resta dos jogos.

Nos quartos de final do Europeu, Jota e Francisco Conceição saltaram do banco para marcarem os dois últimos golos, no prolongamento, que permitiram a vitória lusa por 5-3 no prolongamento, ante Itália.

«Posso mencionar qualquer jogador que nestes quatro jogos tenha entrado. Acho que é de realçar a qualidade e a vontade com que entram e acrescentam algo à equipa. Acho que é o culminar do que fazemos enquanto grupo e, sem dúvida, é gratificante estares dentro de campo, depois de 90, 100, 110 minutos e ver jogadores a entrar dez, 15 ou cinco minutos e terem vontade de ajudar a equipa como se estivessem desde início. É satisfatório e gratificante sentir a vontade de ajudar os colegas que estão lá há mais tempo e a fazer o trabalho deles, todos em prol da equipa para ganhar o jogo e a entrada do Francisco [Conceição], do Romário [Baró], do Florentino e do Leão foram sem dúvida decisivas para vencer o jogo», disse Dalot, em conferência de imprensa.

Por outro lado, o defesa deu conta da motivação por estar nas meias-finais do Europeu sub-21.

«Sentimo-nos motivados, meias-finais do Campeonato da Europa sub-21 é um privilégio para nós. Vai ser um jogo complicado, uma equipa que pode criar bastantes problemas e diferentes tipos de problemas, não só na parte defensiva, mas na ofensiva e temos de estar ao nosso melhor nível. Lógico que a geração, o histórico desta seleção fala por si, mas são jogos diferentes, momentos diferentes. Amanhã vai ser diferente de todos os outros [jogos] e estamos preparados», sublinhou.

Portugal vai tentar chegar pela terceira vez na sua história à final do Europeu sub-21, mas para isso tem pela frente a Espanha, atual campeã europeia da categoria e vencedora de três das últimas cinco edições. Apito inicial às 17 horas de quinta-feira.



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *