Início » Blog » Jesus como Quique: Benfica em terceiro com dois terços de vitórias

Jesus como Quique: Benfica em terceiro com dois terços de vitórias


O Benfica vai terminar a Liga 2020/21 na terceira posição, algo que não acontecia desde a temporada 2008/09, sob o comando técnico do espanhol Quique Flores. É, naturalmente, o pior registo classificativo de Jorge Jesus no clube encarnado.

Para além da incerteza financeira provocada pela necessidade de disputar o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões, a terceira posição tem ainda implicações no planeamento da próxima temporada.

A primeira mão da 3.ª pré-eliminatória da Champions disputa-se a 3/4 de agosto, pouco depois da Supertaça de Portugal, agendada para 1 de agosto. O Benfica vai defrontar o Sp. Braga na final da Taça de Portugal e, em caso de vitória, irá disputar a Supertaça com o Sporting, campeão nacional.

O segundo jogo da 3.ª pré-eliminatória da Liga dos Campeões está agendado para 10 de agosto e o playoff, em caso de sucesso encarnado, realiza-se a 17/18 e 24/25 de agosto de 2021. O sorteio da 3.ª pré-eliminatória está agendado para 19 de julho.

Nesta altura, o principal objetivo do Benfica de Jorge Jesus é melhorar a percentagem de vitórias, procurando os três pontos na derradeira jornada da Liga 2020/21, no reduto do Vitória de Guimarães, para ficar ligeiramente acima do registo de 2008/09, com Quique Flores, e de 2010/11, época em que o Benfica de Jesus venceu apenas dois terços dos jogos num campeonato com 30 jornadas mas ficou na segunda posição, a 19 pontos do FC Porto de André Villas-Boas.

Se vencer em Guimarães, o Benfica 2020/21 fica ligeiramente acima das percentagem de triunfos de 2008/09 e 2010/11. Caso contrário, será o pior registo dos últimos 12 anos no clube encarnado.

Percentagem de vitórias na Liga:

2008/09: Quique Flores – 67% vitórias
2009/10: Jorge Jesus – 80%
2010/11: Jorge Jesus –  67%
2011/12: Jorge Jesus – 70%
2012/13: Jorge Jesus – 80%
2013/14: Jorge Jesus – 77%
2014/15: Jorge Jesus – 79%
2015/16: Rui Vitória – 85%
2016/17: Rui Vitória – 74%
2017/18: Rui Vitória – 74%
2018/19: Rui Vitória/Bruno Lage – 82%
2019/20: Bruno Lage/Nélson Veríssimo – 71%
2020/21: Jorge Jesus – 67% vitórias



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *