Início » Blog » Evangelista: «Pediram-me que estabilizasse o clube nas Ligas profissionais»

Evangelista: «Pediram-me que estabilizasse o clube nas Ligas profissionais»


Armando Evangelista, treinador do Arouca, em declarações na sala de imprensa do estádio dos Arcos, após o triunfo frente ao Rio Ave no play-off que deu a subida de divisão à sua equipa:

«Quero pedir desculpa pelo atraso. Acho que está justificado, mas peço desculpa de qualquer forma. Foi impossível, não me deixaram vir mais cedo.

Tirando os golos, não foi um play-off tão fácil como os números fazem parecer. O Rio Ave foi um digno vencido. O Arouca preparou-se muito bem para este play-off. Quero deixar uma palavra de apreço ao Rio Ave pelo momento difícil que vive. 

[O que tem a dizer sobre o facto de o clube ter ido da Liga Europa ao CP e novamente à Liga em quatro anos]:

«Estamos a falar de Liga Europa, II Liga, Campeonato de Portugal e depois o percurso inverso. Acho que isso deve motivar uma reflexão interna. Verdade seja dita, este ano pediram-me para estabilizar o clube nas Ligas profissionais. 

Essa questão é muito peculiar e merece uma reflexão interna. Não é uma situação normal. Acho que essa reflexão deve ser feito no sentido de estabilizar o clube, de corrigir alguns erros que se cometeram no passado e de começar a olhar para o futuro de forma estável. Não sei explicar o porquê de isso ter acontecido, só estou aqui há um ano.

Houve dias de maior dificuldade, outros de menor dificuldade. Tivemos o apoio total da nossa direção na pessoa do presidente e do Joel Pinho. Temos de fazer uma reflexão para que não volte a acontecer.

Quando iniciei este trajeto propuseram-me um contrato de longa duração. Esse contrato continua em vigor na próxima época. O contrato existe, se vai ter ou não continuidade depende da decisão do presidente.»

 



Fonte

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *