Categories
Notícias

Fernando Santos: «Por alguma razão a Bélgica é primeira no ranking FIFA»

[ad_1]

Fernando Santos destacou os pontos mais fortes da Bélgica, no decorrer de uma conversa informal com os jornalistas que estão a acompanhar o Euro2020, mas preferiu omitir as «fragilidades» dos diabos vermelhos, não vá o adversário corrigi-las antes do jogo do próximo domingo, em Sevilha, que vai definir uma das vagas dos quartos de final.

«Quanto às fraquezas não me parece muito relevante estar aqui a comentá-las, não vou dizer ao adversário o que penso em termos de fraquezas. Vou falar um pouco mais do adversário sobre aquilo que são as suas forças, mas acho que temos qualidade e jogadores para explorar essas fragilidades», começou por avisar.

Entre os pontos fortes, Fernando Santos começa por destacar um grupo de jogadores que jogam juntos há muito tempo. «Desde logo o conhecimento mútuo que eles têm. É uma equipa que joga junta há muito tempo. Quando olhamos para o campo percebemos que o jogo deles flui de uma forma muito natural. A forma como a equipa se compensa, quer nos momentos ofensivos, quer nos momentos defensivos. A forma como a equipa desenvolve, aqueles momentos de definição no ataque. O momento certo. Quando os jogadores já se conhecem bem, sabem que o companheiro sai bem para a esquerda e os passes saem sem pensar, entra tudo de uma forma automática. Quando as equipas não têm isso, têm mais problemas de definição», analisou.

Além disso, o selecionador destaca a versatilidade tática dos belgas. «A diferença de jogar em 3x4x3 e na projeção do ataque a jogar com cinco. Outra coisa é jogar 3x4x1x2, com um jogador que se movimenta muito naquele espaço interior, umas vezes o De Bruyne, outras com o Hazard. o que nos vai obrigar a uma análise e uma atenção importante. É um espaço entrelinhas, temos de montar muito bem a equipa nesse aspeto», acrescentou.

Depois há ainda o ataque à profundidade, muito concentrado em Lukaku, mas não só. «É uma equipa que gosta muito de sair a jogar e, não parecendo, procura muitas vezes, sempre que pode, atacar a profundidade com o Lukaku ou até com o Meunier à direita, é um jogador que ataca bem, já na equipa dele faz isso muito bem. Com o Hazard ou o Mertens em campo, também são jogadores de procurarem o espaço. É uma equipa que tem os seus argumentos fortes. Por alguma razão é o primeiro classificado do ranking FIFA, mas também tem as suas fragilidades. O jogo com a Dinamarca mostrou de alguma forma isso», destacou ainda.

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *