Categories
Notícias

«Chamei o Guerreiro quando ele jogava numa equipa que ninguém sabia o nome»

[ad_1]

Quando parecia que Portugal iria empatar o primeiro jogo no Euro 2020, Raphael Guerreiro surgiu na área e desviou o cruzamento de Rafa para o fundo da baliza húngara. A partir daí, os campeões da Europa partiram para uma vitória folgada. 

Perante uma pergunta da imprensa internacional sobre o lateral-esquerdo do Dortmund, Fernando Santos lembrou que foi o responsável pela primeira chamada à seleção principal do então jogador do modesto Lorient.

«O Raphael [Guerreiro] tinha 18 ou 19 anos quando o chamei à seleção ainda antes de ir para a Alemanha. O peso dele está explicado desde 2015. Era um menino que jogava em França numa equipa que ninguém sabia o nome. Estava nos sub-21 e participou em vários jogos antes do Europeu. Não me surpreende nada», referiu, em conferência de imprensa.

O selecionador português aproveitou para antecipar o duelo contra a Alemanha, da segunda jornada do grupo F. 

«Portugal está preparado para jogar contra qualquer adversário, sabendo das dificuldades de cada jogo. A Alemanha é um adversário fortíssimo, com jogadores de enorme qualidade e com um treinador de excelência. São duas equipas com capacidade, qualidade e que não se vão respeitar no sentido de terem medo», concluiu. 

Alemanha e Portugal defrontam-se no próximo sábado, às 17h00, no Allianz Arena, em Munique.

[ad_2]

Fonte

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *