Conectar
Topo

Sporting Porto 0-0- “Dragões” são alérgicos ao covil dos “Leões”…

miguellopesizmailov22213651[1]O Futebol Clube do Porto empatou a zero com o Sporting Clube de Portugal no Estádio José de Alvalade, num jogo da vigésima primeira jornada da Primeira Liga.

Jesualdo Ferreira optou por um onze com algumas surpresas: Rui Patrício; Miguel Lopes, Ilori, Rojo, Joãozinho; Rinaudo, Dier, Adrien; Labyad, Capel e Wolfswinkel (Dier jogou no meio campo).

O Futebol Clube do Porto apresentou-se em Alvalade com este onze inicial: Helton; Danilo, Maicon, Otamendi, Alex Sandro; Lucho, Fernando, Defour; Izmaylov,Varela e Jackson Martínez.

Na primeira parte só deu Porto! Os “Dragões” mandaram no jogo e poderiam ter marcado logo aos 2 minutos, com Jackson Martínez a rematar para uma defesa de Rui Patrício. O guarda-redes “Leonino”, voltou a negar o golo a Defour com uma bela defesa aos 20 minutos.

Se não fossem algumas intervenções e a qualidade de “São Patrício” e alguma falta de pontaria dos jogadores dos “Dragões” e o Porto estaria a vencer com justiça ao intervalo. O Sporting apenas teve uma oportunidade, mas foi a melhor ocasião de golo da primeira parte,  mas Wolfswinkel foi incapaz de bater Helton aos 42 minutos (bela defesa do guarda-redes brasileiro do Porto). Ao intervalo o jogo estava empatado a zero.

Na segunda parte, continuou a ser o Futebol Clube do Porto a assumir “a depesa do jogo” e a procurar o golo. A bola parecia queimar nos pés dos jogadores do Sporting,que não conseguiam importunar Helton. Aos 55 minutos, Vítor Pereira colocou James Rodríguez em campo (saiu Marat Izmaylov sob um coro de assobios).

Aos 60 minutos, foi a vez de Jesualdo Ferreira fazer a primeira substituição para o Sporting, Labyad saiu (exibição fraca) e Bruma entrou no terreno de jogo. Seis minutos depois Vítor Pereira, decidiu retirar Silvestre Varela do jogo e fez entrar Atsu. O treinador do Sporting também optou por refrescar o sector ofensivo e aos 74 minutos, entrou Carrillo para o lugar de Adrien.

O Sporting ficou reduzido a dez jogadores aos 78 minutos, quando Paulo Baptista expulsou de Rojo (por acumulação de amarelos). O treinador-adjunto do Sporting, Oceano Cruz, também acabou expulso. Dois minutos depois, Jesualdo Ferreira fez a sua última substituição, entrou Fokobo nos “Leões” e saiu Diego Capel.

Num dos momentos do jogo, Liedson foi assobiado em Alvalade, ao entrar para o lugar de Defour (aos 81 minutos). Jesualdo Ferreira também foi expulso no período de compensação da partida. O final da partida foi marcado por muito nervosismo de ambas as equipas…O Futebol Clube do Porto procurou desesperadamente o golo da vitória, mas os jovens “Leões” fizeram o que podiam fazer…Bateram-se com raça!

O Futebol Clube do Porto voltou a perder pontos numa deslocação a Alvalade. O Porto dominou a partida, mas não teve discernimento na hora de marcar um golo e sentiu demasiado a falta de João Moutinho. O Sporting Clube de Portugal foi unido, soube sofrer e sobreviveu.

Eis um resumo do jogo.

[hdplay id=1650 ]

 

Com este resultado o Futebol Clube do Porto,  arrisca-se a perder a liderança do campeonato para o Sport Lisboa e Benfica, caso os “encarnados”, vençam neste Domingo o Beira-Mar na sua deslocação a Aveiro.

 

 

 

 

 

Mais em Sporting